Notícias

Obesidade é fator de risco para diversos problemas de saúde

Consequência da má alimentação e do sedentarismo, a obesidade é considerada uma epidemia mundial pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

Publicado em 1 de novembro de 2018
Atualizado em 1 de novembro de 2018

O alerta é global. A obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública do mundo. Segundo estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2025 cerca de 2,3 bilhões de adultos estarão com sobrepeso e mais de 700 milhões serão obesos. E uma das consequências do excesso de peso é o aumento do índice de doenças cardiovasculares.

De acordo com Marcelo Sampaio, cardiologista da BP e coordenador do Pronto Atendimento do BP Mirante, um dos maiores riscos é o acúmulo de placas de gordura nas artérias. A obstrução impede o fluxo de sangue de chegar ao coração, enfraquecendo o músculo cardíaco e podendo causar infarto. O cardiologista ressalta que o sobrepeso também pode acarretar diabetes e hipertensão, quando os vasos sanguíneos ficam enrijecidos e o coração precisa de mais força para bombear o sangue.

O excesso de peso também pode tirar os discos da coluna da posição normal entre as vértebras, o que comprime os nervos e estimula a formação de hérnias de disco. De acordo com um levantamento divulgado recentemente pelo Ministério do Trabalho, a dor nas costas foi o quinto principal motivo de afastamento no trabalho por mais de 15 dias no ano de 2017. Dentre as causas da dorsalgia, termo médico usado para se referir a essas dores, destacam-se justamente os casos de hérnia.

Para Adriano Cury, endocrinologista da BP, praticar atividades físicas, manter uma dieta saudável e fazer acompanhamento médico podem contribuir para a perda de peso e para a redução da carga sobre os discos e as vértebras, evitando ou minimizando complicações na coluna. O endocrinologista ressalta que a manutenção do peso ideal, de acordo com o biotipo de cada pessoa, garante a melhoria das condições da estrutura óssea.

Além de ter um estilo de vida saudável, segundo Alexandre Sakano, gastrocirurgião da BP, fazer acompanhamento médico é fundamental para evitar a síndrome metabólica, um grupo de fatores de risco que aumenta a ocorrência de diferentes enfermidades. O gastrocirurgião explica que, dependendo do caso, a cirurgia bariátrica pode despontar como umas das opções de tratamento da obesidade e das doenças associadas ao excesso de gordura no organismo, mas reforça que é necessária uma avaliação médica criteriosa.

Endereço:

Rua Maestro Cardim, 769
CEP: 01323-001 | Bela Vista | São Paulo - SP

OUTRAS UNIDADES BP: