Governança Corporativa

Estrutura de governança

A BP foi fundada em 2 de outubro de 1859 com o nome de Sociedade Portuguesa de Beneficência, tendo sua razão social alterada em 1901 para Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência. Trata-se de uma associação civil de direito privado de caráter beneficente, social e científico, sem finalidade lucrativa, dotada de autonomia patrimonial, administrativa e financeira. Desde o início, a BP conta com o apoio dos Associados, que sempre contribuíram para que a instituição chegasse ao momento atual com o vigor e fôlego renovados para perpetuar sua história no segmento de Saúde brasileiro. Como contrapartida pela associação, os atuais 3.164 Associados têm o direito de usufruir dos serviços de saúde oferecidos pelo Hospital BP. Atualmente não são realizadas novas associações.

Divididos em categorias, os Associados se reúnem em Assembleias Gerais anuais para eleger os membros dos órgãos de governança, bem como aprovar as contas e o relatório de atividades do ano anterior. Os órgãos de governança da BP são o Conselho de Administração e a Diretoria Administrativa, que são apoiados por um Conselho Consultivo e fiscalizados por um Conselho Fiscal. Todos os membros dessas instâncias de governança exercem as funções gratuitamente, não sendo remunerados pelo exercício das atividades e tampouco obtendo qualquer proveito direto ou indireto, econômico ou pecuniário. A gestão administrativa da instituição é exercida por um corpo de executivos, remunerados de acordo com regras de mercado e liderados por uma chief executive officer (CEO), que é a principal executiva da organização.

Organograma

Organograma

Assembleia Geral

Órgão máximo de deliberação da Associação, a Assembleia Geral tem como função examinar, discutir e votar, anualmente, as contas apresentadas pela Diretoria Administrativa, com parecer do Conselho Fiscal. Além disso, também anualmente, elege um terço dos membros do Conselho Deliberativo e dos membros do Conselho Fiscal.

Conselho de Administração

Constituído por 18 membros com mandato de 3 anos, sendo permitida a reeleição, o Conselho de Administração é dirigido por um presidente – que não exerce função executiva –, um vice-presidente e um secretário eleitos pelo Conselho de Administração dentre seus próprios membros. Dentre as funções do Conselho de Administração estão: administrar a associação e todos os haveres e bens patrimoniais; aprovar o orçamento anual; fazer cumprir o Estatuto Social; propor, fiscalizar e acompanhar as obras de vulto; entre outras. Também entre as funções do Conselho de Administração está a eleição dos membros da Diretoria Administrativa, órgão administrativo da associação constituído por 3 diretores administrativos titulares e até 2 diretores administrativos suplentes. Indicados pelo Conselho de Administração dentre seus próprios membros, os diretores administrativos cumprem mandatos de 3 anos, sendo permitida a reeleição.

Composição do Conselho de Administração

Nome
Cargo
Rubens Ermírio de Moraes
Presidente
Josué Dimas de Melo Pimenta
Vice-presidente
Luiz Martins
Secretário
Artur Rodrigues Quaresma Filho
Conselheiro
Assis Augusto Pires
Conselheiro Check Diretoria Administrativa
Eduardo Genin de Oliveira
Conselheiro
Fernando Ramalho Leite da Silva
Conselheiro
João Carlos de Paiva Veríssimo
Conselheiro Check Diretoria Administrativa
José Francisco Monteiro Miranda
Conselheiro
José Maria Monteiro Ribeiro
Conselheiro
Leonardo Comino Neto
Conselheiro
Luiz Aparecido Marquezin
Conselheiro
Manuel da Silva Sé Junior
Conselheiro Check Diretoria Administrativa
Marcio Antonio Bueno
Conselheiro
Maurício Bardauil
Conselheiro Check Diretoria Administrativa
Ricardo Gustav Neuding
Conselheiro
Rogério Pinto Coelho Amato
Conselheiro Check Diretoria Administrativa
Wilson Gil de Oliveira Filho
Conselheiro

Conselho Fiscal

Constituído por 6 membros com mandato de 3 anos, sendo permitida a reeleição, o Conselho Fiscal tem como funções, entre outras, examinar os documentos da instituição, confirmando se todas as verbas escrituradas se acham devidamente documentadas e contabilizadas, se a receita foi devidamente arrecadada, se a aplicação dos recursos foi feita observando-se as formalidades e condições exigidas no Estatuto Social e se houve critério justo nas despesas efetuadas. Anualmente, após a análise minuciosa dos documentos apresentados pelo Conselho de Administração, o Conselho Fiscal apresenta um parecer sobre as contas da instituição, que é levado para votação em Assembleia Geral.

Composição do Conselho Fiscal

Nome
Cargo
André Ricardo Passos de Souza
Conselheiro
Carlos Henrique Aguiar Rodrigues Catraio
Conselheiro
Emídio Dias Carvalho Júnior
Conselheiro
Laís Macedo Contell
Conselheira
Maurício Augusto Souza Lopes
Conselheiro
Roberto Vilela
Conselheiro

Conselho Consultivo

Órgão honorífico e sem funções administrativas, o Conselho Consultivo é constituído por até 20 membros indicados pelo Conselho Deliberativo para mandatos de 2 anos, sendo necessário notório saber e conhecimento a respeito da Associação. O Conselho Consultivo se reúne a cada três meses e tem como atribuição apresentar sugestões ao Conselho Deliberativo.

Composição do Conselho Consultivo

Nome
Cargo
José Pastore
Presidente
Nelson Vieira Barreira
Vice-presidente
Delmo Niccoli
Secretário
Eduardo de Assis Pires
Conselheiro
Fábio Araújo Nogueira
Conselheiro
Francisco Balestrin Andrade
Conselheiro
Guilherme Fontes Ribeiro
Conselheiro
José Antônio de Lima
Conselheiro
Mário Amato Netto
Conselheiro
Regina Maria da Silva Dias
Conselheira

Diretoria-Executiva

A rotina diária da gestão executiva da BP é comandada por uma chief executive officer (CEO), profissional de mercado capacitada para a função e que atua alinhada às decisões tomadas pelos órgãos de governança da BP. Sua equipe direta é composta por um time de 11 diretores-executivos.

Composição da Diretoria-Executiva

Nome
Cargo
Denise Santos
CEO
Arnaldo Bartalo Júnior
Diretor-Executivo de Filantropia
Felícia Lapenna Hauache
Diretora-Executiva Jurídico e Regulatório
Florence Monteiro
Diretora-Executiva de Auditoria, Riscos e Compliance
Juliana Caligiuri
Diretora-Executiva de Oncologia e do BP Mirante
Lilian Quintal Hoffmann
Diretora-Executiva de Tecnologia e Operações
Luiz Eduardo Loureiro Bettarello
Diretor-Executivo Médico e de Desenvolvimento Técnico
Magali Leite
Diretora-Executiva de Finanças
Maria Alice Rocha
Diretora-Executiva de Pessoas e Experiência do Cliente
Patrícia Holland
Diretora-Executiva da BP Medicina Diagnóstica
Ricardo César de Oliveira
Diretor-Executivo de Desenvolvimento de Negócios
Ricardo Hutter
Diretor-Executivo do Hospital BP