Centro Oncológico

Notícias

Penha Crispim, professora de turbantes, ensina como usá-los.

Outubro Rosa BP: BP realiza oficina de turbantes africanos

Ação gratuita e aberta ao público fez parte das ações do mês de conscientização sobre câncer de mama

Confira nossos vídeos

Campanha Outubro Rosa

Campanha Outubro Rosa


O cuidado não para


ASCO 2019 - Dra Camila Yamada sobre tratamentos em neuro-oncologia.


ASCO 2019 - Dra Camila Yamada sobre neuro-oncologia


ASCO 2019 - Dra. Graziela Dal Molin falando sobre oncoginecologia


ASCO 2019 - Dr. Rafael Schmerling comenta novidades sobre os sarcomas


ASCO 2019 - Dra. Graziela sobre o tratamento para pacientes com câncer ginecológico


ASCO 2019 - Dr. Buzaid comenta as principais novidades da ASCO 2019


ASCO 2019 - Dra. Juliana e Dra. Graziela trazem as novidades sobre a saúde da mulher


ASCO 2019 - Dr. Carolina Haddad comenta estudos da sessão oral de câncer de pulmão


ASCO 2019 - Dr. Rafael Schmerling comenta estudos de sarcomas


ASCO 2019 - Dr. Carolina Haddad comenta sobre a sessão oral de câncer de pulmão


ASCO 2019 - Dr. Robson Ferrigno apresentando os resultados do estudo RTC


ASCO 2019 - Dr. Maluf e Dr. Schultz falam sobre as novidades em câncer de rim e bexiga


ASCO 2019 - Dr Gustavo Guimarães comenta novidades em cirurgia minimamente invasiva


ASCO 2019 - Resultados dos trabalhos de câncer genitourinários não-próstata (parte 2)


ASCO 2019 - Resultados dos trabalhos de câncer genitourinários não-próstata (parte 2)


ASCO 2019 - Dr. Fernando Maluf e Dr. Fábio Schutz sobre câncer de aparelho urológico


ASCO 2019 - Dr. Thiago Jorge comenta as novas tecnologias aplicadas à medicina


ASCO 2019 - Dr. Felipe Pereira fala sobre lema da edição desse ano


ASCO 2019 – Dr. William N. William comenta sessão sobre câncer de pulmão - Parte 2


ASCO 2019 – Dr. William N. William comenta sessão sobre câncer de pulmão


ASCO 2019 – Dr. Robson Ferrigno sobre a radioterapia para o câncer de estômago


ASCO 2019 – Dra. Graziela Dal Molin comenta sobre as sessões de oncoginecologia


ASCO 2019 – Dra. Graziela Dal Molin fala sobre cânceres de endométrio e de ovário


ASCO 2019 – Dr. Fabio Kater fala sobre câncer de cólon metastático e estudo tribe 2


ASCO 2019 – Dr. William William comenta seu estudo sobre lesões pré-malignas de boca


ASCO 2019 – Dr. Robson Ferrigno e Dr. William William comentam o primeiro dia do evento


ASCO 2019 – Dr. Robson Ferrigno fala sobre tabagismo em pacientes oncológicos


ASCO 2019 – Dr. William William conta seu trabalho apresentado sobre câncer de boca


ASCO 2019 – Dr. Fabio Kater fala sobre câncer de intestino


ASCO 2019 – Dr. William William conta as novidades sobre câncer de cabeça e pescoço


ASCO 2019 – Dr. Manoel Carlos fala sobre o impacto de efeitos adversos imuno imediatos


ASCO 2019 - Dr. Felipe Pereira fala sobre testes de drogas para tumores renais


ASCO 2019 - Dr. Robson Ferrigno comenta sobre a abordagem multidisciplinar


Dr. Felipe Pereira comenta os principais enfoques da ASCO Annual Meeting 2019

Tudo sobre câncer

Câncer de Cabeça e Pescoço

Tumor de cabeça e pescoço é a denominação genérica de tumores que se originam de várias regiões das vias aéreo-digestivas, como língua, gengivas, amígdalas e laringe (onde é formada a voz).

Câncer de Pele

Dentre todos os tipos de câncer, os de pele são considerados os mais comuns. Entretanto, há uma importante distinção a ser feita dentro desse grupo de tumores: os carcinomas e o melanoma.

Câncer de Mama

Câncer de mama é o tipo mais frequente de câncer entre as mulheres no Brasil e no mundo. Apesar de raro, também pode surgir em homens. O câncer de mama é definido como o crescimento de células malignas a partir do tecido mamário.

Câncer de Próstata

A próstata é uma glândula que se localiza logo abaixo da bexiga e à frente do reto, A próstata é responsável pela fabricação do líquido seminal. A uretra, canal por onde passa a urina saindo da bexiga, é envolvida inteiramente pela próstata.

Câncer Anal

O câncer do canal anal geralmente é curável e apresenta um bom prognóstico. Apesar de ser um tumor raro, sua incidência vem aumentando principalmente pelo crescimento da infecção do vírus HPV.

Câncer de Bexiga

O câncer de Bexiga (CaB) é um dos tumores mais comuns do sistema urinário.

Câncer do Endométrio

O câncer do endométrio é o tumor ginecológico mais comum nos países desenvolvidos e o segundo mais frequente nos países em desenvolvimento. A doença se origina a partir de mutações nas células do endométrio, o tecido que reveste a parte interna do útero.

Câncer do Esôfago

O esôfago é um órgão do aparelho digestivo com forma tubular localizado entre a faringe e o estômago e que se estende por aproximadamente 25 cm do pescoço ao abdome superior.

Câncer do Fígado

O câncer de fígado tem origem nos hepatócitos (células capazes de sintetizar proteínas), ductos biliares (estruturas tubulosas longas que carregam a bile) ou nos vasos sanguíneos.

Câncer do Ovário

Os ovários, direito e esquerdo, localizam-se na pelve, logo acima do útero. São responsáveis pela produção de óvulos e de hormônios femininos, como estrógeno e progesterona.

Câncer de Pâncreas

O câncer de pâncreas é uma doença originada a partir da formação anormal e descontrolada de células nessa importante glândula do sistema digestivo. Localizado próximo ao estômago e intestino, o pâncreas é responsável pela produção de insulina e glucagon (hormônios que agem na regulação do metabolismo da glicose) e de enzimas pancreáticas envolvidas na digestão dos alimentos.

Câncer de Rim

O câncer de rim, antigamente chamado de hipernefroma, surge a partir de células que revestem os pequenos canais microscópicos dentro do órgão, responsáveis por filtrar o sangue e drenar a urina.

Câncer de Tireóide

O câncer de tireoide é o mais comum da região de cabeça e pescoço, afetando essa importante glândula do sistema endócrino. A doença afeta muito mais mulheres do que homens e é mais comum em adultos jovens. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registra 9.610 novos casos por ano, 8.040 deles em mulheres.

Câncer de Vias Biliares

Os cânceres de vias biliares ou colangiocarcinomas são tumores raros e correspondem a 3% de todos os tumores do trato gastrointestinal. Apresentam alta letalidade principalmente porque na maioria das vezes são diagnosticados em estágios avançados.

Linfomas

O sistema linfático é composto por linfócitos (células do sistema de defesa) e gânglios (ou linfonodos) que estão espalhados pelo nosso corpo para nos proteger de infecções. O baço também faz parte do sistema linfático.

Mieloma Múltiplo

O Mieloma Múltiplo é um câncer raro do sangue, originado pelo plasmócito (tipo de glóbulo branco). Essa célula encontra-se na medula óssea (interior dos ossos) e é responsável pela produção de anticorpos que nos protegem de infecções.

Neuroendócrinos

Bastante raros – representam menos de 2% dos casos de câncer –, os tumores neuroendócrinos se originam nas células neuroendócrinas, responsáveis por estímulos neurais e pela produção de hormônios que regulam diversas funções no nosso corpo.

Sarcoma

Sarcomas são tumores malignos raros que, na maioria dos casos, têm origem nas células que formam as chamadas partes moles do corpo, como músculos, gordura, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos e nervos periféricos.

Câncer de Pulmão

No Brasil, o câncer de pulmão é o segundo mais incidente entre os homens e o quarto entre as mulheres. Apesar dessa estatística, o câncer de pulmão pode ser completamente curado quando detectado nas fases iniciais e tratado de maneira adequada.

Câncer de Estômago

O câncer de estômago, também conhecido como câncer gástrico, é provocado pelo desenvolvimento anormal de células no órgão. De todos os tipos de cânceres, é o quinto mais frequente do mundo.

Câncer de Intestino

O câncer colorretal, ou de intestino grosso, é o tumor mais comum no sistema digestivo. É o terceiro tipo de câncer mais comum entre os homens e o segundo entre as mulheres. Por ano, são registrados mais de 36 mil novos casos no Brasil.

Carcinomatose Peritoneal

A carcinomatose peritoneal é o câncer disseminado no peritônio. Mais de 90% dos casos são tumores secundários (metastáticos), ou seja, se originaram a partir do câncer de outros órgãos que se espalhou e atingiu essa membrana. E existem também os tumores primários, que começam no próprio peritônio, mas eles são mais raros.

Câncer de Testículo

Apesar de corresponder a somente 1% dos tumores masculinos, o câncer de testículo é o mais comum em homens entre 15 e 35 anos de idade. É também um dos que apresentam maiores taxas de cura, graças principalmente aos avanços no tratamento e à abordagem multidisciplinar aplicada desde a etapa de diagnóstico.

Leucemia

As leucemias são um tipo de câncer que afeta a medula óssea. Tecido esponjoso que preenche os ossos das extremidades, costelas, vértebras, bacia e crânio, a medula óssea é responsável pela produção de todas as células que circulam em nosso sangue.

Câncer do Sistema Nervoso Central

O câncer do sistema nervoso central (SNC) resulta do crescimento anormal e descontrolado das células do tecido do cérebro, da medula espinhal e das meninges (membranas que revestem o sistema nervoso central, o tronco encefálico e o encéfalo).

Estrutura

Os hospitais possuem dependências modernas dedicadas ao cliente oncológico para prevenção, diagnóstico e tratamento.

Hospital BP
  • O Hospital BP disponibiliza 40 leitos de internação voltados exclusivamente para o tratamento oncológico, 4 apartamentos para realização de sessões de quimioterapia e mais e 17 boxes com esta mesma finalidade para aplicações rápidas. A unidade também possui 10 consultórios para consultas clínicas da Oncologia, serviço de radioterapia com ambiente acolhedor e banco de sangue, que prioriza o atendimento aos clientes oncológicos. Todos os exames necessários para diagnóstico e tratamento do câncer podem ser realizados no mesmo local, com toda qualidade e segurança da BP Medicina Diagnóstica, além de contar com o serviço diferenciado de patologia do Laboratório Bacchi, referência em Oncologia.

Telefone:

(11) 3505-1000

Endereço:
Rua Maestro Cardim, 769
Bela Vista - São Paulo

Horário de atendimento:
de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.


Encontre uma equipe multidisciplinar

Carregando ...

Preencha os campos para realizar a busca

MÉDICOS REFERENCIADOS

NENHUM REGISTRO ENCONTRADO